Igreja de Santa Rita de Cássia - Cataguases - MG

 
O atual Santuário de Santa Rita de Cássia foi projetado por Edgar Guimarães do Valle, em 1944, e inaugurado em 1968. Apesar de ser um projeto de grande importância modernista, é importante lembrar que para a sua construção foi sacrificada uma bela igreja neogótica, projetada por Agostinho Horta Barbosa, em 1893; a fatídica demolição teve como protagonista o Monsenhor Solindo José da Cunha, nascido em São João del-Rei em 21 de julho de 1900 e falecido em Cataguases no dia 1° de dezembro de 1985. Domina esta fachada um grande painel em azulejos, pintado por Djanira da Motta e Silva (Avaré-SP, 20 de junho de 1914 / Rio de Janeiro-RJ, 31 de maio de 1979); Cristina Ávila, ao analisar a temática hagiográfica que representa a vida de Santa Rita, observou que "a cena foi composta sem a preocupação perspectivista clássica, destacando-se pelos planos sobrepostos ao modo dos ícones pré-rafaelistas. O 'composité' formado pela variação da padronagem dos azulejos e o 'dégradé' em tons de azul evocam a religiosidade popular e a tradição colonial portuguesa.". (Fotografia de José Antônio de Ávila Sacramento, em 26 de dezembro de 2011).
 
Retirado de www.patriamineira.com.br