Cruzeiro do Santuário de Santíssima Trindade - Tiradentes - MG

 
Este cruzeiro está localizado no adro do Santuáro de Santíssima Trindade, na cidade de Tiradentes-MG. Segundo pesquisas de Olinto Rodrigues dos Santos Filho, "a primitiva capela dedicada a Santíssima Trindade foi construída na segunda metade do século XVIII, pelo ermitão Antônio Fraga, que administrou até 1794, ano de sua morte. A construção da capela data de 1776 e em 1718 já estava quase concluída. Em 1810, sob a administração do tenente João Antônio de Campos, deu-se inicio a construção da nova igreja. O pintor Manoel Victor fez “as plantas e riscos”, sendo a obra de pedreiro e carpinteiro executada por Cláudio Pereira Viana, João Damasceno e Antônio Pereira da Silva. A obra se arrastaria até o final do século XIX. A Confraria da Santíssima Trindade só vai aparecer em 1854, data que possivelmente se iniciou a festa, hoje ainda pomposa. A igreja é simples, sem torres com frontão recortados em volutas acanhadas, tendo no centro o símbolo do Espírito Santo. Não existe talha no altar-mor, que é todo em tabulas recortadas. Existem dois altares laterais bem pobres datados de meados do século XIX. Um dedicado a São José, com interessante imagem do santo e outra ao Menino Deus, já desaparecido. No altar-mor existe a bela imagem do Padre Eterno, sentado em um trono de nuvens, vestido como um papa, com a cabeça coberta pela tríplice tiara e sobre o peito tem a pomba representando o Divino Espírito Santo. As suas longas barbas e a pose hierática nos dão a idéia de um papa da Idade Média. Abaixo está a imagem de Cristo crucificado e Nossa Senhora das Dores. Num dos nichos existe uma imagem de São João da Mata, fundador da Ordem dos Trinitários. Na paredes laterais a nave existem oito telas, datadas de 1785, que pertencera a Matriz, representando os quatro principais doutores da igreja. Na lateral existe uma “sala de milagres” muito interessante. A igreja foi elevada a Santuário Diocesano por decreto do bispo D. Delfim Ribeiro Guedes em 17 de junho de 1962. Anualmente se festeja a Santíssima Trindade com grande pompa e muito povo, no mês de maio ou junho, conforme o calendário litúrgico.". Fotografia de José Antônio de Ávila Sacramento, em 20.01.2011.
 
Retirado de www.patriamineira.com.br