Campanha Salve o Teatro Municipal - São João del-Rei - MG (Autor ignorado)

 
O Theatro Municipal de São João del-Rei, uma das mais importantes casas de espetáculos de MG, chegou aos anos 1990 abandonado e sem condições técnicas para receber abrigar a qualquer espetáculo. No ano de 1998, ocasião desta foto, foi idealizada e lançada por Adenor Luiz Simões Coelho a campanha "Acorda São João del-Rei, salve o Teatro Municipal!", que mobilizou a comunidade local, artistas, políticos e empresários de todo o Brasil para viabilizar a restauração e reintegração do Theatro Municipal no circuito cultural e artístico. A campanha foi vitoriosa. Naquele mesmo ano foi celebrado um convênio inicial entre o Ministério da Cultura e Prefeitura Municipal, via então deputado federal Aécio Neves, para começar a reforma e restauração do Theatro. No ano de 2001 um projeto “Teatro Municipal de São João del-Rei: Recuperação e Modernização”, foi aprovado na Lei Estadual de Incentivo, tendo como proponente o Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei - IHG. Efetivamente, as obras tiveram início em 2002, através de parcerias do IHG de S. João del-Rei com o IEPHA/MG, Prefeitura Municipal de São João del-Rei, apoio da Companhia Vale do Rio Doce/Companhia Paulista de Ferro-ligas e patrocínio principal da Usiminas. No ano de 2003, através dos resultados de projetos que foram apresentados nas leis estadual e federal de incentivo á cultura, captados pelo IHG e administrados por Adenor Simões (confrade-coordenador de projetos da entidade), o Theatro Municipal de São João del-Rei foi reinaugurado, totalmente modernizado e equipado. Desde então, a Casa de Espetáculos vem cumprindo a missão de ser o palco difusor da arte e da cultura da cidade e região, nas suas mais diferentes formas. Esta foto mostra uma banda de música se apresentando na escadaria frontal ao Theatro, além de algumas crianças prontas para iniciar um passeio ciclístico em favor da causa; ao fundo, a faixa anuncia: "Acorda São João del-Rei, salve o Teatro Municipal!".
 
Retirado de www.patriamineira.com.br